“— Acho que vou embora.
— Aonde você vai?
— Andar por aí, procurar por alguma coisa que nem mesmo sei. Sinceramente? Só quero um pouco de paz, o mundo está me enlouquecendo.
— E acha que adiando um diálogo está fugindo de seus problemas? Eu prefiro que fique aqui comigo e enfrente tudo.
— Não faz diferença alguma eu ir embora, amanhã o sol vai voltar e todo aquele ciclo vai se repetir. Apenas quero paz. Não suporto ver tantas pessoas fingindo que se importam uma com as outras, não suporto mais ver tanta podridão, tantas pessoas jogando suas vidas no lixo.
— O amanhã não pertence a nós, Chuck, mas fazemos parte dele querendo ou não. Veja bem, se você não estiver comigo eu não quero fazer parte dele também. Pouco me importa para onde esteja pensando ir, mas me leve com você, por favor. Uma vez enquanto conversávamos perguntou o que era o inferno para mim, e eu não soube responder, não é mesmo? Bem, agora eu sei que o inferno nada mais é do que estar longe de você.”
Os porquês de Amélia Roswell. 
“Não sei poesia. Só sei que existe a regra dos porquês. E assim como o antropocentrismo é termo que vem da Grécia, eu vou conjugando, porque eu não sei poesia. Só sei da língua rebuscada que passeia nesse céu. Dessa inversão do azul de leste a oeste. Sei desse teimoso oximoro que veio da Grécia, também. Só sei dessas duas estrofes, sei desses quatro versos, mas poesia eu não sei. Sei do grego Leucipo e suas nobres contribuições para o conhecimento humano. Se ele sabe poesia, eu não sei. Mas sei que como diria Platão: o corpo limita a alma como uma prisão. Sei que Grécia não rima aqui, mas como eu não sei poesia, não faz mal que eu assine meu nome. O que não posso, é esquecer das vírgulas.”
— Explique a poesia. (gosto azedo)
“É melhor se acostumar com as partidas, capitão - disse baixinho. Pois elas estão entre as coisas mais frequentes na vida de um homem.”
Grand Guignol.
“Ainda não inventaram uma saudade mais bonita que a nossa.”
Eu me chamo Antônio.  
“Vê-lo partir doeu. E como doeu. Doeu tanto que o céu chorou comigo.”
A culpa é mesmo das estrelas?  
“Parte de mim
Chama por você
Outra parte de mim
Grita.”
— Coagida.  
“Afinal, de quantas maneiras um coração pode ser destroçado e ainda continuar batendo?”
Bella Swan  
“Cansei de perder tempo com amores que se vão logo na primeira oportunidade.”
Desarvorado. 
“Por Deus, como eu te amo! Por tudo o que você é, por tudo o que foi e será comigo. Quem tiver talento já pode escrever um livro sobre nós. Esse amor merece ser escrito, lido, relido, publicado e sentido. Merecemos só pelo fato de darmos certo, da gente ser certo, da gente durar. Vejo em nós um pra sempre que todos os casais procuram e, por sorte, encontramos um no outro.”
October, 1808. 

mists